Voltar

Autor: Jennifer Silva Lucchesi
Título: JORNALISMO E ESPETÁCULO:UMA ANÁLISE DAS MANCHETES DE CAPA E DAS NOTÍCIAS DO DIA DO JORNAL POPULAR SUPER NOTÍCIA
Orientadora: Profa. Dra. Mara Rovida Martini


Resumo

A pesquisa propõe uma reflexão sobre Jornalismo e Espetáculo. A partir da pergunta Como o espetáculo se manifesta na produção noticiosa do jornal popular Super Notícia?, o objetivo geral da dissertação é o de reconhecer a presença e a representatividade do espetáculo nas manchetes de capa e nas notícias do dia do jornal popular Super Notícia a fim de se compreender a produção noticiosa do veículo em estudo. Para isso, delineiam-se os objetivos específicos de refletir sobre os conceitos de Jornalismo e de Espetáculo; identificar, a partir do Super Notícia, as características que o espetáculo assume na produção de um jornal popular na contemporaneidade, demonstrando se ele se manifesta pelo fait divers, pelo grotesco midiático, pelo empobrecimento da função mediadora/reflexiva do jornalismo e/ou de outra forma; verificar se as características do infotenimento presentes no jornalismo popular auxiliam na contextualização da informação ou aproximam-na da espetacularização no sentido debordiano; e, por fim, indicar os valores-notícia que mais se destacam no Super Notícia, comparando os valores-notícia tradicionais com os propostos por Roland Barthes no fait divers, assim como identificar quais são as fontes de informação que aparecem na produção noticiosa do jornal e suas formas de participação. Com o propósito de se alcançar os objetivos, adota-se a análise de conteúdo na perspectiva de Laurence Bardin (2004) como a metodologia desse estudo. O recorte da pesquisa contempla os conteúdos que se tornam manchetes de capa e os identificados, na página interna, como a “Notícia do Dia”. Entre os autores que embasam as discussões teóricas, destacam-se Jorge Pedro Sousa, Marialva Barbosa e Márcia Franz Amaral para a construção do jornalismo popular; Cremilda Medina contribui para se pensar a atividade jornalística em suas premissas, técnicas e potencialidades; Fábia Angélica Dejavite e Carlysângela Silva Falcão fundamentam o conceito de infotenimento; Roland Barthes oferece subsídios para o entendimento da estrutura do fait divers, enquanto Guy Debord é o autor chave para se compreender a espetacularização da informação. Os resultados da análise evidenciam a relação do espetáculo no Super Notícia com os elementos que não têm o propósito de contribuir para a compreensão política, econômica, social e cultural da realidade. Neste contexto em que se apresentam a personalização extrema dos fatos, a dramatização, a estrutura do fait divers bem como o predomínio de assuntos envolvendo conflitos sociais, elimina-se a possibilidade de diálogo entre o jornalista, o contexto social e o leitor. A relevância desse trabalho está em propiciar reflexões acerca da produção jornalística em um veículo popular.

Palavras-chave: Jornal popular. Espetáculo. Jornal Super Notícia. Produção Jornalística. Infotenimento.

 

JORNALISMO E ESPETÁCULO:UMA ANÁLISE DAS MANCHETES DE CAPA E DAS NOTÍCIAS DO DIA DO JORNAL POPULAR SUPER NOTÍCIA