Os grupos de pesquisa têm como função subsidiar as linhas de pesquisa, bem como fomentar a produção discente e docente. Os grupos desenvolvem estudos referentes às narrativas midiáticas, às imagens midiáticas e à relação entre mídias e cidade. Seguem os grupos e suas respectivas ementas.




Grupos de Pesquisa vinculados à Linha de Pesquisa Análise de Processos e Produtos Midiáticos


Grupo de Pesquisa em Imagens Midiáticas (GPIM)

Líder: Profa. Dra. Maria Ogécia Drigo

O Grupo de Pesquisa em Imagens Midiáticas (GPIM) acolhe pesquisas que têm como objeto de estudo a produção de sentidos de processos e produtos midiáticos, com ênfase na relação palavra/imagem, na relação da imagem com o pensamento e com a técnica; no processo de construção social da visão; nas metodologias de interpretação da imagem e na aplicação e desenvolvimento de metodologias de pesquisa em comunicação que envolvem imagens. Debruça-se, portanto, na investigação da produção de sentidos das imagens midiáticas e seus regimes de visibilidade e também nos processos de subjetivação e identitários por elas engendrados, em seus múltiplos e variados dispositivos comunicacionais, na dimensão visual e na sua imbricação com as dimensões verbal e sonora.

 

 

GPIM no Diretório CNPq:

GPIM no Diretório CNPq



Grupo de Pesquisa em Narrativas Midiáticas (NAMI)

Líder: Profa. Dra. Míriam Cristina Carlos Silva

Este grupo de pesquisa integra pesquisadores interessados em investigar as especificidades que caracterizam as linguagens das narrativas encontradas em diferentes meios de comunicação. A proposta é a de discutir, no âmbito da comunicação e das culturas, as estratégias do narrar, suas subjetividades e poéticas, associadas à produção de sentidos e às práticas sociais. Os encontros privilegiarão, num primeiro momento, a construção de um repertório conceitual conjunto dos participantes, com a revisão do estado da arte. Em seguida, como forma de compartilhar o conhecimento produzido, pretende-se organizar eventos abertos à comunidade acadêmica, além de se apresentar comunicações para os congressos da área e artigos, que serão submetidos para avaliação de periódicos.

 

 

NAMI no Diretório CNPq:

NAMI no Diretório CNPq



Grupo de Pesquisa Linguagens das Mídias na Educação (GPLME)

Líder: Profa. Dra. Luciana Coutinho Pagliarini de Souza

O Grupo de Pesquisa Linguagens das Mídias na Educação (GPLME) agrega pesquisas na interface Comunicação/Educação que, de um lado, envolvem as linguagens das mídias; de outro, práticas pedagógicas, tanto para a educação básica como para a superior. O propósito é contribuir para a compreensão das linguagens das mídias e propiciar o desenvolvimento de práticas pedagógicas envolvendo tais linguagens ao a) identificar as especificidades de linguagens das mídias – a fotográfica, cinematográfica, jornalística, publicitária, entre outras; b) explicitar aspectos de processos de tradução da linguagem verbo-visual para a audiovisual; c) inventariar como as linguagens das mídias compõem as práticas pedagógicas em diversos níveis de ensino; d) propor práticas pedagógicas, valendo-se dessas linguagens e, por fim, e) redimensionar a formação profissional de docentes. A relevância de tais pesquisas está na contribuição para a educação para as mídias, em diversos níveis de ensino.

 

 

GPLME no Diretório CNPq:

GPLME no Diretório CNPq



Grupo de Pesquisa Jornalismo Literário e Narrativas de Transformação Pessoal e Social (JORLIT)

Líder: Profa. Dra. Monica Martinez.

O Grupo de Pesquisa Jornalismo Literário e Narrativas de Transformação Pessoal e Social (JORLIT) busca envolver pesquisas acerca de Jornalismo Literário, aqui entendido na perspectiva do Jornalismo como Literatura, nas variadas plataformas em que se apresenta (impressa, eletrônica e digital), nos diversos níveis de pesquisa (teórico, metodológico, técnico) e múltiplos aspectos, como estético, gênero, histórico, ideológico, técnico e ético, entre outros, bem como pesquisas que, no âmbito das Narrativas de Transformação Pessoal e Social, buscam promover o diálogo transdisciplinar com outros campos de estudo, como gênero, e disciplinas, caso da Antropologia, Psicologia e Sociologia, entre outras. Apresenta-se como um lócus de encontro dos pesquisadores nacionais em sua interlocução com pensadores no país e no exterior.

 

JORLIT no Diretório CNPq:

JORLIT no Diretório CNPq



Grupos de Pesquisa vinculados às Linha de Pesquisa Mídias e Práticas Socioculturais


Grupo de Pesquisa em Mídia, Esporte e Lazer – Mel

Líder: Prof. Dr. Felipe Tavares Paes Lopes

O Grupo de Pesquisa Mídia, Esporte e Lazer (Mel) agrega pesquisas que têm como objetivo contribuir para a compreensão das relações entre práticas socioculturais e processos midiáticos relacionados ao campo do lazer, em geral, e do esporte, em particular. Consideramos que essa compreensão é importante para o avanço de debates em torno de temas e conceitos caros à área da comunicação e correlatos ao nosso objeto de estudo – tais como identidade, subjetividade, cultura e ideologia – e também pode ser absorvida na elaboração e implementação de novas políticas públicas de Esporte e Lazer no Brasil. O GPMEL busca também a promoção de diálogos com estudantes e pesquisadores(as) de instituições acadêmicas brasileiras e estrangeiras, bem como com outros atores da sociedade civil e do Estado, que tenham os referidos campos como objeto de interesse e preocupação constante.




Grupo Internacional de Pesquisa em Mídias e Cidades (MidCid)

Líder: Prof. Dr. Paulo Celso da Silva

O Grupo de Pesquisas em Mídia e Cidade (Midcid) agrega pesquisas que consideram a cidade como locus, por excelência, da circulação das práticas sociais, que buscam pensar os modos como tais fenômenos delimitam o espaço (concreto ou imaginário) e condicionam a geração de sentidos nos ambientes urbanos. Assim, investigam-se os múltiplos fenômenos de comunicação que pontuam o espaço urbano, especialmente os que se relacionam à arte, à ciência, ao corpo, à cultura popular, ao consumo, às instituições, às novas tecnologias. Esses campos da esfera do simbólico portam significações e oferecem novos referenciais nas leituras que se estabelecem sobre o cotidiano na contemporaneidade.

 

 

MIDCID no Diretório CNPq:

MIDCID no Diretório CNPq